Foto Box Atendimentos Clinicos

Atendimentos Clínicos

 

Terapia de Casal

O atendimento de casal é voltado para questões de conflito conjugal, que podem estar relacionadas à sexualidade do casal, seu relacionamento com as famílias de origens de cada um dos cônjuges (pai/mãe e sogro/sogra), carreiras, divisão de tarefas no lar, dinheiro, doenças, luto, traições e infidelidades, dentre outros temas. A terapia pode estar voltada para o casamento, para o recasamento ou ser terapia de divórcio.

Terapia Sexual

Focada nas questões sexuais, a terapia sexual pode ser feita individualmente ou com a parceria presente, podendo ser ela heterossexual, homoafetiva ou transgênero. As principais questões masculinas são disfunção erétil, ejaculação rápida, ejaculação tardia e disfunções do desejo, para mais ou para menos. As principais disfunções femininas são a falta de orgasmo, dificuldades na penetração, falta de desejo ou desejo exacerbado, e vaginismo.

Terapia de Família

O atendimento familiar pode ser feito com toda família nuclear, com partes da família de origem ou da família estendida, ou em subsistemas (parental, fraternal, por gênero). As questões mais comuns são uso de álcool ou de drogas, suicídio ou tentativa de suicídio, falta de limites e fronteiras dos filhos (as) e de seus namorados (as), ofensa sexual contra crianças e adolescentes, violência entre parceiros íntimos, problemas alimentares, doenças, luto e morte, separação, divórcio e recasamento, visitação e guarda, educação de filhos, convivência com pais idosos, herança, sucessão em empresa familiar, dentre outras questões.

Terapia Individual

Adultos que procuram terapia geralmente querem tratar problemas emocionais e psíquicos, como depressão, ansiedade, fobias, timidez, traumas atuais ou do passado, dificuldades no relacionamento com familiares, no trabalho e com parceiros íntimos, escolha profissional e decisões sobre carreira, dificuldades de falar em publico, medo de dirigir, de andar de avião, de sair da casa dos pais, e dificuldades de autocontrole, que pode envolver gastos excessivos, uso de álcool e drogas, sexo compulsivo, jogo, dentre outros.

Terapia de Criança e Adolescente

sempre trazidas pelo responsável, crianças e adolescentes têm seus sintomas muito relacionados com a vida de seus pais ou com a forma como está sendo criada. Raramente o problema reside nela, e sim na relação com o casal parental, com as famílias de origem, especialmente no caso de separação dos pais, e por uma grande dificuldade de autocontrole, que impeça a organização cotidiana de uma rotina saudável para uma criança ou adolescente, na escola ou na família. Dificuldade em aceitar limites e seguir regras podem gerar situações de agitação, uso de álcool e drogas em adolescentes, e casos de automutilação, anorexia e bulimia, e dificuldades na escola e rendimento cognitivo, dentre outros.

Tratamento de Traumas (EMDR, Brainspotting, Bodynamic)

Estas recentes técnicas e formas terapêuticas de tratar pacientes congelados em situações complexas e traumáticas tem se mostrado bem promissoras. O EMDR (Eyes Moviment Desensitization and Reprocessing) ou Dessensibilização e Reprocessamento através do movimento dos olhos; o BRAINSPOTTING ou Busca por Pontos Cerebrais; e o Bodynamic ou Dinâmica do Corpo são novos referenciais teóricos extremamente eficazes e úteis no manejo clínico de traumas e de situações nodais que impedem o livre avanço do desenvolvimento da criança, do adolescente ou do adulto. Por serem técnicas de processamento rápido, o tratamento pontual é possível e com excelentes resultados.

Ajuda Humanitária Psicológica (desastres naturais e tragédias humanas)

Este trabalho é realizado de forma voluntária e gratuita. Meu interesse e chamado para este tipo de atendimento clínico ocorreu na tragédia do Morro do Bumba, em Niterói, quando era presidente da ATF/RJ (Associação de Terapia de Família do Estado do Rio de Janeiro), quando me capacitei para este tipo de trabalho através da ABRAPAHP (Associação Brasileira de Programas de Ajuda Humanitária). A partir dela, outras experiências de trabalho vieram, como a enchente na região serrana do Rio de Janeiro, quando trabalhei, junto a ABRAPAHP, em Friburgo/RJ; o tiroteio na Escola Tasso da Silveira, em Realengo/RJ, quando organizei e atuei na ajuda aos professores e pessoal de apoio; o incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria/RS, quando atuei junto a ABRAPAHP; o atendimento em Passo Fundo/RS, que organizei, junto à vitima e familiares desta tragédia; e em Xanxerê, mais uma vez compondo a equipe da ABRAPAHP. Onde houver pedido de socorro, somos um grupo de psicólogos e psicólogas com experiência e dispostos a ajudar a descobrir resiliência em meio a dores e perdas.

 

Agende uma consulta

Share:

Deixe uma resposta